Treinamento de Vendas: custo ou investimento?

Essa é uma dúvida sempre comum nos departamentos que possuem a incumbência de tomar esse tipo de decisão. Resumidamente, poderíamos concluir que seria custo para uns e investimento para outros, se fosse possível interpretar de duas formas algo tão lógico. Mas não é, portanto precisamos chegar a uma só resposta.

Vou dividir com vocês o meu ponto de vista e certamente chegaremos juntos a uma conclusão.

Primeiramente vamos entender a diferença entre custo e investimento.

CUSTO x INVESTIMENTO

Treinamento em Vendas - custo ou investimento?

  • O primeiro refere-se a uma despesa sem expectativa de retorno financeiro, ou seja, é como comprar um quadro para decorar a sua casa. Ele certamente a deixará mais bonita, atraente aos olhos e até mesmo mais agradável para se morar, mas em nenhuma hipótese a compra deste objeto de decoração gerará dinheiro para quem o compra.
  • Por outro lado, o investimento, mesmo estando também associado a uma “despesa”, ao contrário do custo provém algum retorno financeiro. Seja em curto, médio ou longo prazo, em algum momento o investidor terá um retorno sobre o valor que foi desprendido. Por exemplo, é como se um padeiro comprasse uma máquina de fazer pão. Nesse caso, ele teria gasto recursos para viabilizar o aumento do seu faturamento, portanto terá grandes chances de obter lucro com essa operação.

Agora ficou simples, se o treinamento de vendas fizer a equipe realmente vender mais, terá feito um investimento, caso contrário trata-se de um custo (nesse caso bem elevado, visto que além do valor do treinamento entram também as despesas com espaço, horas não trabalhadas da equipe, materiais, etc. ).

COMO SABER ESSA RESPOSTA ANTES DE CONTRATAR UM TREINAMENTO?

É normal que todo fornecedor desse tipo de serviço o ofereça como um “investimento”, mas nem sempre será. Portanto, aqui vão algumas dicas que te ajudarão a contratar treinamentos que sejam realmente INVESTIMENTO, e não mais custos para a sua empresa:

  1. Na proposta, avalie também o comprometimento do seu fornecedor com os resultados da equipe;
  2. Peça indicações de empresas que já tiveram sucesso com esse treinamento;
  3. Descubra o R.O.I. (retorno sobre investimento) do treinamento;
  4. Não aceite treinamentos “pré-formatados”, a customização é peça fundamental para obter resultados.

Equipe_Tekoare___Diego_RochaUtilizando esses 4 critérios, certamente você terá mais chances de fazer investimentos do que acumular custos quando estiver contratando um treinamento de vendas.

Experimente fazer esse teste conosco e descubra quanto este investimento pode proporcionar de resultado para as suas equipes de vendas.

Diego Rocha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *