Sugestão de Leitura: Os Segredos da Mente Milionária

Você com certeza já deve ter ouvido falar em pessoas que ganharam uma grande quantia de dinheiro – na loteria, por exemplo – e, tempos depois, já estavam no vermelho novamente. Por outro lado, existem aquele milionários que, de repente, perdem toda sua fortuna e, alguns anos depois, conseguem recuperar tudo e até mais.

Por que será que isso acontece?

Segundo T. Harv Eker, autor do livro “Os segredos da mente milionária”, a resposta está na forma como pensamos no dinheiro. É o que ele chama de “modelo de dinheiro” – um conjunto de crenças que cada um de nós alimenta desde a infância e que molda o nosso destino financeiro.

O autor mostra que, além das questões externas – mercado, relacionamentos, economia, etc – os fatores internos são ainda mais importantes para que uma pessoa tenha sucesso financeiro.

Ele explica que para ganhar muito dinheiro é preciso estar preparado internamento para isso. “A maioria das pessoas simplesmente não tem capacidade interna para conquistar e conservar grandes quantidades de dinheiro e para enfrentar os crescentes desafios que a fortuna e o sucesso trazem. É sobretudo por causa disso que elas não enriquecem”.

O autor propõe uma autorreflexão aos leitores, lançando perguntas como:

Quem é você, então? Como você pensa? Quais são as suas crenças? Quais são os seus hábitos e as suas características? Qual é a sua opinião sobre si próprio? Quanta confiança você tem em si mesmo? Como é o seu relacionamento com as pessoas? Até que ponto você confia nelas? Você realmente acredita que merece ser rico? Qual é a sua capacidade de agir apesar do medo, da preocupação, do incômodo, do desconforto? Você consegue ir em frente mesmo quando não está disposto a fazer isso?

O “termostato financeiro”

Em seu livro Eke explica que a “Mente Milionária”, funciona como um termostato do quanto a pessoa está apta a ganhar – que é a quantidade de dinheiro com a qual ela consegue lidar com mais facilidade. “Algumas pessoas têm um termostato financeiro programado para gerar milhares, e não milhões; outras têm um termostato ajustado para criar algumas centenas. Finalmente, existem aquelas cujo termostato financeiro está condicionado a funcionar abaixo de zero – elas estão congelando e nem sabem por quê”, aponta.

O autor mostra ainda que se sua vida financeira está prejudicada é possível mudar essa situação. Para isso, é preciso mudar o seu modelo de dinheiro, ou seja, mudar sua visão sobre a riqueza. Para isso, ele aponta como exemplos a serem seguidos os “17 arquivos da riqueza”, que são os modos de pensar e agir das pessoas ricas. Confira alguns deles:

  1. Os ricos criam suas próprias vidas: as pessoas ricas acreditam na seguinte ideia: “Eu crio a minha própria vida.” As pessoas de mentalidade pobre acreditam na seguinte ideia: “Na minha vida, as coisas acontecem.”

  2. Os ricos entram no jogo do dinheiro para ganhar: as pessoas ricas entram no jogo do dinheiro para ganhar. As pessoas de mentalidade pobre entram no jogo do dinheiro para não perder.

  3. Os ricos assumem o compromisso de serem ricos: as pessoas ricas assumem o compromisso de serem ricas. As pessoas de mentalidade pobre gostariam de ser ricas.

  4. Quem é rico pensa grande: as pessoas ricas pensam grande. As pessoas de mentalidade pobre pensam pequeno.

  5. Os ricos focam as oportunidades: as pessoas ricas focalizam oportunidades. As pessoas de mentalidade pobre focalizam obstáculos. 

Ficou interessado na teoria da “Mente Milionária”? Então leia esse livro e descubra se o seu “termostato financeiro” não precisa ser ajustado.

Sucesso!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *