Como é bom poder NÃO fechar uma venda!

Hoje eu tenho uma pergunta para fazer especialmente aos vendedores (o líder também é um vendedor, portanto, serve igualmente para você): como você está se sentindo agora?

Normalmente vendedores têm apenas 3 sentimentos em todos os seus dias de trabalho, são eles: 

  1. A frustração de uma venda perdida;
  2. A expectativa da resposta de um cliente;
  3. O frenesi de um fechamento.

É importante ressaltar que essas emoções se alternam sempre, o que nos garante que todos os vendedores terão o seu momento de desfrutar de todas elas. Seria uma pergunta boba eu querer saber qual a sensação que prefere, afinal somos movidos pelo sucesso! Mas aqui nesse momento quero destacar a emoção que mais influencia no processo de aprendizagem e acúmulo de experiência pelo vendedor. Estou falando da frustração, a primeira emoção que listei.

A VENDA. E O ‘NÃO’.

nao

Ao longo da minha vida profissional como vendedor, eu tive o prazer de viver e sentir de maneira intensa essa terrível sensação – ouvir o NÃO.

Conheço muitos que temem essa palavra, não a falam jamais, apagam de todos os materiais internos ou de uso publicitário… Isso, na minha opinião, é praticamente um bullying com a pobre palavra! Será que o NÃO é tão ruim assim?

Vejamos:

Basicamente todo o processo educativo desde a nossa infância é baseado nas negações. Aprendemos a nos comportar sabendo o que NÃO podemos fazer. O convívio em sociedade só é possível porque existem leis, e ser cidadão (parte dessa sociedade) é gozar dos seus direitos e cumprir com os deveres (esses repletos de NÃOs).

Na nossa vida corporativa lá está ele novamente e uma sequência de NÃOs estabelecem a ordem, os objetivos, o foco e o trabalho. Em vendas essa mesma palavra é o que nos faz APRENDER. Se todas as negociações terminassem em SIM não seriam vendas e sim apenas compras, o que causaria a extinção da nossa espécie (vendedores), então o NÃO também contribui para a existência da nossa profissão.

Equipe_Tekoare___Diego_RochaEssa reflexão me fez pensar que devemos ser gratos aos NÃOs, afinal, eles são tão importantes quanto os SIMs, uma vez que um só existe e proporciona a felicidade extrema, a sensação de sucesso, porque o outro continua sendo uma possibilidade.

O segredo em vendas é saber como buscar o SIM e a hora de dizer NÃO, afinal, nem toda venda é interessante para a sua empresa, saiba para qual cliente dizer SIM e nunca exclua a possibilidade do NÃO.

Diego Rocha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *